A exposição Arte Cinética América Latina estará na Galeria Bergamin até 14 de junho. Nela expõem Jesus Soto, Cruz-Diez, Palatnik, Ubi Bava, Le Parc, Gregorio Vardanega, Garcia Rossi, Martha Boto, León Ferrari, Danilo di Prete e Francisco Sobrino. Os onze artistas vêm da Argentina, Brasil, Espanha, Itália e Venezuela, conectados pelas raízes latinas. São 30 obras feitas com os mais diversos materiais: aço, ferro, óleo,  espelhos, fios de nylon, fibra de vidro, alumínio, madeira, acrílico e lâmpadas.

Petit Citrón, de Jesús Soto, é feita de madeira, nylon e fibra de vidro

É interessante averiguar a criatividade inusitada dos artistas. Eles brincam com luzes, efeitos e materiais, causando ilusões incríveis no espectador. As formas mais simples podem ser usadas para os mais inesperados fins.

Música, de León Ferrari, é uma escultura em ferro

Atenção para Forme en Contorsion, do argentino Le Parc, que usa molas para mover uma fita de metal, causando um estranhamento delicado e sutil a quem a observar. O Cubo Virtual de Jesus Soto, da Venezuela, é a maior obra em exposição, com mais de dois metros, na qual o artista dispõe paralelamente fios de nylon, causando uma ilusão ótica.

Essa esfera em acrílico foi feita por Gregorio Vardanega (sem título)

A arte cinética, ou cinetismo, foi reconhecida na França na década de 50. Concebe o “movimento” como a arte em si. O artista cinético explora possíveis transformações na obra – seja na luz, nas cores e formas ou uma transformação propriamente cinética – , conseguindo diversos e irreverentes efeitos pela combinação dos elementos. Partes isoladas podem não significar nada, mas quando são combinadas adquirem novas formatações. O cinetismo põe por terra a noção da obra de arte como algo estático e imóvel, abarcando ainda mais e maiores possibilidades artísticas. O artista pode agora integrar-se e expressar-se no movimento, vivenciando-o e influenciando-o.

A Galeria Bergamin é um espaço relativamente pequeno, mas muito aconchegante e receptivo.

Arte Cinética América Latina
12 de maio a 14 de junho
Galeria Bergamin
Rua Rio Preto, 63 – Cerqueira César – tel. 30622333 
Segunda a sexta, das 10h às 20h
Sábado, das 11h às 15h
Entrada gratuita

 

Anúncios