Aproveitando o ano da comemoração do centenário da imigração japonesa no Brasil, o Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) inaugura hoje a exposição “Quando vidas se tornam forma: um diálogo com o futuro Brasil-Japão”. A mostra tem curadoria de Yuko Hasegawa, do Museu de Arte Contemporânea de Tokyo (MOT), que preparou tudo a convite do museu brasileiro.

São 21 artistas brasileiros e 18 japoneses, que trabalham com elementos da moda, design, arquitetura e artes plásticas, em fotografias, esculturas, quadros e roupas. Os paralelos estabelecidos pela curadora são bem sutis, como a ligação entre cadeiras criadas pelos irmãos Campana e as Yoshioka Tokujin ou a Casa de Vidro de Lina Bo Bardi e a Flower House da dupla SANAA, mas nem por isso deixa de ser uma bela homenagem.  

 

Quando Vidas se Tornam Forma: Diálogo com o Futuro – Brasil-Japão.

MAM – Av. Pedro Álvares Cabral, s/n.º, portão 3 Parque do Ibirapuera

Tel: (11) 5085-1300.

3.ª a dom., 10 horas – 18 horas.

R$ 5,50 (dom. grátis).

Até 22/06.

Anúncios